Sinopse

Um passeio perto de casa entre irmãos e o pai. Uma saga de amor, ódio, pecado e morte, da casa para o mundo.

Direção

Sérgio Borges

Cria obras audiovisuais desde 1996. Cineasta fundador da Teia/MG, um dos coletivos de maior expressão no cenário audiovisual brasileiro independente nos anos 2000. Em 2012, fundou a Fractais. Seus filmes foram exibidos e premiados em diversos festivais nacionais e internacionais dos quais destacam-se: Roterdã/HOL, Locarno/SUI, San Sebastian/ESP, BAFICI/ARG, FID Marseille/FRA, Leipzig/ALE, Indie Lisboa/POR, Havana/CUB, Brasília, São Paulo, Tiradentes, dentre muitos outros. O Céu sobre os Ombros, seu primeiro longa, foi o grande vencedor do 43º Festival de Brasília e o filme brasileiro de maior destaque no circuito de festivais nacionais e internacionais no ano de 2011, recebendo o prêmio de qualidade artística da Ancine. Lançou recentemente os longas A Torre (2019) e Lutar, Lutar, Lutar (2021).

Gênero: Documentário
Livre
crescimento infância brincadeira diversão

Créditos

Produção

Helvécio Marins Jr. e Sérgio Borges

Direção, fotografia, edição, produção: Sérgio Borges
Finalização: Bruno Pacheco
Animação créditos: Anna Gobel
Com: Ravi e Iel Queiroz